×
Siga-nos:

Nossa História

Conheça a nossa história através da nossa linha do tempo.

  1. 1979

    Chega ao mercado a Ferro OK voltada para a distribuição de ferro e aço na cidade de Fortaleza (CE).

  2. 1984

    Visando uma nova estratégia comercial e de marketing para ampliação da distribuição em todo o estado Ceará, a Ferro OK torna-se Aço Cearense.

  3. 1997

    Com o objetivo de potencializar o atendimento a seus clientes, com maior agilidade e um mix de produtos mais variado, a Aço Cearense inaugura sua primeira unidade industrial, a Aço Cearense Industrial.

  4. 2004

    A empresa se destaca no mercado do aço na América Latina, por meio da produção de tubos com costura para diversos segmentos e é reconhecida como a maior movimentadora privada de cargas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP, no estado do Ceará.

  5. 2006

    Em 2006 é iniciado o projeto de construção da SINOBRAS – Siderúrgica Norte Brasil, localizada em Marabá no estado do Pará.

    É a primeira usina siderúrgica integrada de aços longos do Norte e Nordeste do Brasil.

  6. 2008

    Grupo Aço Cearense realiza investimentos na ampliação da Aço Cearense Industrial, aumentando a capacidade produtiva em cerca de 35% na área de planos.

    A Aço Cearense Industrial recebe pela primeira vez o Prêmio Contribuintes, concedido pelo governo do Ceará aos maiores contribuintes de impostos do estado.

    SINOBRAS entra em operação, com as unidades de aciaria e laminação. O vergalhão SI50 recebe a acreditação do INMETRO.

    Ian Corrêa, Vice-presidente do Grupo Aço Cearense, recebe os prêmios: “Empresário do Ano de Marabá”, pela Associação Comercial e Industrial de Marabá; “Cidadão Marabaense”, pela Câmara Municipal de Marabá; “Honra ao Mérito Legislativo” e “Ordem do Mérito Cabanagem”,pela Assembleia Legislativa do Pará.

  7. 2009

    Aço Cearense Industrial investe na ampliação de sua área fabril.

    A SINOBRAS faz investimento como autoprodutora na Hidrelétrica de Belo Monte, com participação de 1%, na ordem de R$ 250 milhões. Atinge a marca de mil colaboradores. E recebe o Prêmio ORM/ACP, concedido pelas Organizações Rômulo Maiorana e Associação Comercial do Pará, em reconhecimento às empresas de maior expressão no Estado em 2008.

    O Grupo Aço Cearense assina o memorando de entendimento com a Vale para implantação do Projeto Aline, siderúrgica de aços planos para laminação das placas de aço da Alpa (siderúrgica da Vale), em Marabá-PA.

    Ian Corrêa, Vice-presidente do Grupo Aço Cearense, é condecorado como Cidadão Paraense pela Assembleia Legislativa do Pará.

  8. 2010

    A Aço Cearense alcança a marca de meio milhão de toneladas de aço comercializadas no ano.

    Vilmar Ferreira, Presidente do Grupo Aço Cearense, recebe o título de Empresário do Ano em Belém (PA).

    SINOBRAS inicia a operação da unidade de TREFILA.

  9. 2011

    A SINOBRAS atinge a autossustentabilidade com redutores bioenergéticos a partir de suas florestas no Tocantins. Recebe o Prêmio Redes, por desenvolver os fornecedores do Pará e começa a operação da unidade de Sinterização.

    O Grupo Aço Cearense aumenta a abrangência de distribuição de seus produtos para todo o Brasil.

  10. 2012

    Em 2012, o Grupo Aço Cearense lança sua nova marca, associando tributos da empresa como liderança no setor metalúrgico, qualidade dos produtos e presença firmada no mercado.

    Aço Cearense Industrial aumenta sua capacidade produtiva para 760 mil toneladas.

    SINOBRAS atinge a marca de produção de 1 milhão de toneladas de tarugos de aço, lança o projeto de ampliação da sua capacidade produtiva e inicia a construção da primeira bateria de fornos da Unidade de Produção de Redutor da SINOBRAS Florestal.

    É criada a WMA Trading, empresa responsável pelas transações comerciais de importação e exportação.

    Pelo quinto ano consecutivo, a Aço Cearense Industrial recebe o Prêmio Contribuintes, na categoria recolhimento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), concedido anualmente pelo Governo do Ceará aos 50 maiores contribuintes do estado.

  11. 2013

    Em 2013, o Grupo Aço Cearense figura mais uma vez na edição de 2013 da revista Exame Melhores e Maiores, ocupando desta vez a 185ª colocação no ranking dos 200 maiores Grupos e fica em 5º lugar entre os que mais cresceram em lucratividade.  Também recebe destaque no levantamento “Valor 1000”, publicado pelo jornal Valor Econômico. No ranking por região, a Aço Cearense conquista o 13ª  lugar entre as 50 maiores do Nordeste e a SINOBRAS fica na 41ª colocação nas Regiões Norte e Centro-Oeste.

    No ranking geral, a Aço Cearense ocupa a 249ª posição e a SINOBRAS a 637ª.

    Grupo Aço Cearense e a sul-coreana Posco assinam um Memorando de Entendimento, que estabelece a intenção de desenvolver o estudo de viabilidade técnica e econômica para a instalação de uma laminadora de aços planos no Ceará.

    SINOBRAS atinge a marca de produção de 1 milhão de toneladas de laminados e inicia o projeto SINOBRAS Fase II, que prevê um investimento da ordem de US$ 200 milhões para as seguintes realizações: construção da Subestação e Linha de Transmissão de 230 Kv; aquisição do equipamento Shredder para o beneficiamento de 170 mil toneladas/ano de sucata.

  12. 2014

    O Grupo Aço Cearense completa 35 anos de atuação no mercado do aço. A gestão corporativa do Grupo ganha força e unidade de linguagem com a implantação do sistema SAP em todas as empresas.

    A Aço Cearense Industrial (ACI) recebe pelo sexto ano consecutivo o Prêmio Contribuintes na categoria recolhimento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em Fortaleza e Região Metropolitana, concedido anualmente pelo Governo do Ceará.

    A SINOBRAS é considerada como a segunda melhor empresa para se trabalhar no estado do Pará, na pesquisa “Prazer em Trabalhar 2014”, realizada pela Gestor Consultoria e pelo Caderno de Negócios do Diário do Pará, que avaliou as práticas em Gestão de Pessoas de 32 empresas. A

    SINOBRAS também é agraciada com o prêmio “Holos”, concedido à siderúrgica por ter as melhores ferramentas de Gestão de Pessoas implantadas, e recebe o Selo de Baixo Carbono do Ministério do Meio Ambiente.

  13. 2015

    O Grupo Aço Cearense completa 36 anos. O Grupo Aço Cearense entra no ranking da Revista Exame entre as melhores e maiores empresas do País e figura mais uma vez no ranking do Valor 1000 entre os maiores Grupos do Brasil. Grupo figura entre os Melhores em Desempenho Social acima de R$ 90 milhões no Prêmio Delmiro Gouveia.

    SINOBRAS completa 9 anos. A SINOBRAS vence a maratona de Segurança da Albras. A SINOBRAS recebe duas premiações no Prêmio Prazer em Trabalhar. Produtos da SINOBRAS recebem certificação da ISO 9001:2008.

    Aço Cearense é premiada por soluções inovadoras na área de T.I. Instituto WMA mudou a marca e o nome para Instituto Aço Cearense.

    Aline Ferreira representa o Grupo Aço Cearense no CEO Summit Nordeste da Endeavor como grande nome do empreendedorismo do Brasil. O presidente do Grupo Vilmar Ferreira e sua filha Aline Ferreira contam sua trajetória empreendedora no Day1 da Endeavor.

  14. 2016

    A SINOBRAS completa 10 anos, bate recorde de produção de aço e recebe tripla premiação na pesquisa Prazer em Trabalhar: 3º lugar no ranking das 15 Melhores Empresas para trabalhar no Pará,  Troféu Gente de RH e Prêmio Inovare, pela implantação do projeto de Inclusão de Pessoas com Deficiência na Operação Industrial. Também recebe o prêmio Líderes do Norte, realizado pelo grupo paraense Negócios e Destaque (NED).

  15. 2017

    A SINOBRAS Florestal bate recorde de faturamento. A Aço Cearense aparece no ranking da Época Negócios 360º na colocação 328ª entre as 500 maiores empresas do Brasil e a SINOBRAS aparece na colocação 433ª entre as 1.000 maiores empresas do país por receita líquida no ranking da revista Isto É Dinheiro.

  16. 2018

    O Grupo Aço Cearense completa 39 anos com quase 4 mil colaboradores; figura pela quarta vez no ranking Valor 1000, na 314ª colocação, conquistando 34 posições em relação ao ano de 2016 e também é relacionado no 19º lugar entre os 50 maiores da região Nordeste, subindo 5 posições; A SINOBRAS esteve mais uma vez na edição especial do anuário do Jornal Valor Econômico “Valor 1.000” na 698ª posição entre as 1.000 maiores empresas pelo valor das vendas líquidas em 2017 e figurou no ranking do Estadão na posição 539ª entre as 1.500 maiores empresas brasileiras com base na receita líquida auferida em 2017.